DSC_0081-600x398

Como será a escola do futuro?

Com certeza será bem diferente de como a conhecemos hoje, em praticamente todos os aspectos. E esse futuro nem está tão longe assim. Modelos e métodos alternativos de educação já são aplicados por várias instituições de ensino no Brasil, sobretudo da rede privada.

Segundo especialistas, de modo geral, a escola do futuro será mais interativa, participativa, colaborativa, altamente tecnológica e muito influenciada por redes e mídias sociais. Esses conceitos, inclusive, poderão influenciar até o espaço onde o conhecimento é disseminado.

A distribuição de carteiras enfileiradas já é considerada obsoleta por muita gente, e pode ser que até a sala de aula perca suas paredes. Uma pesquisa realizada em 2012 pela New Media Consortium, coletivo de estudiosos da educação e tecnologia, mostrou que os alunos já esperam poder estudar quando e onde quiserem.

Em Copenhague, na Dinamarca, cerca de metade das atividades da escola municipal Orestad Gymnasium são realizadas em espaços de convivência. De acordo com matéria da revista Exame, os alunos são estimulados a resolver em grupo desafios propostos pelos professores.

Algumas instituições estimulam a colaboração aliada ao empreendedorismo, com foco em resultados, semelhante ao funcionamento de uma empresa. Várias universidades americanas adotaram metodologias desse gênero.

Outra tendência é a digitalização. Aos poucos o papel está sendo substituído pelas telas, e o conteúdo, além de mais interativo, será móvel, podendo ser acessado de qualquer lugar via internet, tanto por alunos quanto por professores.

 

fonte: http://blog.sponte.com.br/como-sera-a-escola-do-futuro/DSC_0081-600x398

Posted in Notícias Externas.